Reunindo Ideias – Segunda Parte

scale2go workshop

Na semana passada falamos sobre o workshop que decorreu no Porto Palácio Hotel, a 25 de Junho, e que teve como objetivo apresentar a scale2go a alguns atores importantes de sectores com os quais pretendemos trabalhar. Foi uma reunião interessante e esclarecedora onde aprendemos imenso. Não foi só troca de ideias, mas também mensagens e acima de tudo perceber o que a scale2go pode fazer pelos seus stakeholders.

Dissemos que iríamos partilhar mais sobre a reunião e este post é para isso mesmo. É para deixar-te saber um bocadinho mais sobre o que aconteceu no workshop. Ou melhor ainda, o que saiu desse workshop. E podemos dividir em três categorias principais: impressão geral, forças e desafios (que ficaram para um terceiros post).

scale2go é uma plataforma que te ajuda no planeamento e organização do teu tempo livre. E pode ser de uma atividade recreativa, voluntariado ou turismo ativo por exemplo. Na realidade cabe-te a ti decidir o quê queres, quando e onde. E também com quem. Pode ser só os teus amigos, ou outras pessoas também. Isto é o que a scale2go faz, e quando o dizemos a terceiros as reações são sempre positivas. E isso foi o que aconteceu no workshop. Todos acharam o projeto pertinente e oportuno, e com grande potencial. E como podem adivinhar, não podíamos ter ficado mais contentes com a reação.

Mas o objetivo do workshop não era só apresentar a scale2go. Queríamos falar diretamente com todos, queríamos saber o que é que eles pensavam do projeto e que ideias tinham. Ideias que nos ajudem a perceber como é que os outros veem a scale2go e como pode a scale2go melhorar a interação com utilizadores. Foi um brainstorming para sermos precisos.

Assim, e agora falando da segunda categoria referida em cima, ao longo do workshop foi recolhida informação que mais tarde designamos por forças. O que o grupo presente viu como as principais forças da scale2go. A ideia do projeto é uma das forças. É um conceito único com mercado para crescer. Aqueles que já espreitaram o site aperceberam-se que é possível adicionar serviços/produtos e aplicações externas. Esta opção surgiu para apoiar as atividades. Se estiveres a organizar um passeio de bicicleta pela baixa do Porto provavelmente vais gostar de saber se existem locais para alugar uma bicicleta na zona, certo? Pois vão existir aplicações para te ajudar nisso.

scale2go é sobre atividades, de qualquer tipo, uma vez que o mais importante é que os utilizadores sejam ativos – fisicamente, socialmente e culturalmente. Assim, tentamos que a experiência de navegação no site fosse um reflexo disso mesmo, tornando a ação de criar atividades o mais dinâmica possível. E isso é visível na ferramenta “encontrar data”. O que é esta ferramenta? Sabes quando estás a tentar planear uma atividade mas não sabes exatamente que data escolher, ou tens mais de uma hipótese? O “encontrar data” é para essas ocasiões. Dá-te a liberdade de escolha, uma vez que te permite dizer que não tens a certeza da data, mas a tua disponibilidade é aquela. Ou também pode servir como uma “votação” para ver qual a data ideal para a atividade.

A última grande força referida no workshop foi uma caraterística ligada a atividades de voluntariado. Ser ativo não é só praticar um desporto, fazer um programa cultural aos fim-de-semanas. Ser ativo também significa fazer algo por alguém, fazer uma ação positiva, ou como dissemos anteriormente, ser socialmente ativo. As atividades de voluntariado são parte integrante da plataforma scale2go e são tratadas de forma diferente no sentido em que por cada atividade de voluntariado realizada, o utilizador recebe créditos de voluntariado. Estes são parte do sistema de créditos de voluntariado que premeia os voluntários com créditos que mais tarde podem ser trocados por exemplo numa atividade paga (desconto por exemplo).

São estas as únicas forças da scale2go? Não, mas foram as que tiveram destaque no workshop, e é sobre o workshop que este post fala.


Deixar uma resposta

@scale2go 2016