Geocaching

Geocaching

Geocaching é a nova moda em atividades desportivas e todos os dias ganha um novo membro. Mas o que é o geocaching? É uma caça ao tesouro do séc. XXI. De uma forma simples e direta, é desta forma que se pode descrever o geocaching. É só isso? Não, é isso e muito mais.

Geocaching é uma atividade ao ar-livre no qual os participantes usam um dispositivo GPS, ou o telemóvel caso tenha GPS, para esconder e procurar “caixas” denominadas “geocaches”. E isto pode acontecer em qualquer ponto do país. Parece divertido, certo? E é. Nesta atividade começas equipado do teu GPS e de um conjunto de coordenadas que te irão guiar até ao local onde o “geocache” está escondido. E o que acontece quando o encontras? Quando encontras o tesouro, se há algo que tu queiras, podes levar contigo, mas tens que deixar algo em troca. Nunca podes remover a caixa onde os tesouros estão guardados. Na caixa, junto com os tesouros, há sempre um “log book”, ou seja, um caderno onde podes escrever os teus pensamentos, notas ou mensagem para os próximos geocachers que cheguem ao tesouro.

Até agora parece fácil, não? Um GPS, alguma informação e um tesouro para caçar. Pode parecer fácil, mas o verdadeiro desafio são os obstáculos que precisas de ultrapassar para chegar ao tesouro. Porque muitas vezes, ou quase todas, o tesouro está escondido num local que testa o teu sentido de desenrasque. Está do outro lado de um grande lago, e nem sempre tens uma canoa ou barco para poder atravessar o lago, e por isso tens que usar outros recursos. E nem sempre é fácil arranjar uma alternativa. Por exemplo, atravessar propriedade privada para encontrar um tesouro, sem a permissão do dono, é um grande erro. Uma grande vantagem desta atividade é que dá-te a oportunidade de ficares a conhecer o local onde a caça ao tesouro está a acontecer, uma vez que tens que encontrar alternativas e explorar bem o local.

Agora que sabes o que geocaching é, queres saber que tipo de tesouros podes encontrar, certo? A resposta correta é tudo. Os tesouros mais comuns são pequenos objetos como brinquedos, livros, legos, peluches, Cd’s e afins. Mas na realidade não existem regras que estipulem o que os tesouros devem ser, desde que não sejam objetos que magoem alguém ou que sejam ilegais. Por exemplo, álcool não é permitido uma vez que esta é uma atividade para pessoas de todas as idades, e o geocacher pode ser um adolescente de 12 anos que não pode beber. Esta e uma atividade que pode ser feita pela família toda, aliás existem já muitas famílias que praticam geocaching como programa familiar.

Existem algumas precauções que tens que ter em conta. Avisa sempre alguém do que vais fazer e quando é suposto regressares. Podes ter um GPS, mas o melhor é levares sempre um mapa também. E também água, protetor solar e uns sapatos confortáveis (andas sempre muito). E se possível faz em grupo. É muito mais divertido e os riscos são menores. Ao receberes as coordenadas, recebes também informação sobre a dificuldade da caça e consoante o itinerário pode ser necessário outras precauções, mas essas só no momento é que saberás.

O geocaching nasceu em 2000 pelas mãos do americano Dave Ulmer que foi quem escondeu o primeiro “geocache”, que foi encontrado três dias depois por duas pessoas. E foi assim que toda esta aventura começou. O nosso conselho, experimenta e podes organizar tudo pela scale2go.


Deixar uma resposta

@scale2go 2016