As Melhores Praias Fluviais

Praias Fluviais

O roteiro das praias continua, mas vamos fazer uma pausa nas praias marítimas, e vamos procurar outros banhos, os de água doce. Em Portugal existem 569 zonas balneares, e neste número a percentagem de praias interiores, fluviais, aumenta de ano para ano. É que estas praias só não têm mesmo a água salgada, porque tudo o resto está lá, em alguns casos até a areia branca.

Praia da Congida, Freixo de Espada à Cinta
Esta é uma praia do Douro e usufrui de águas calmas proporcionadas pela albufeira da Barragem de Saucelle. Lado a lado com Espanha, esta praia é um local tranquilo e de grande beleza natural. É deste ponto também, do cais da Congida mais concretamente, que saem os barcos que fazem passeios no Douro Internacional.

Barragem do Azibo, Macedo de Cavaleiros
A praia da Barragem do Azibo já foi por diversas vezes considerada a melhor praia fluvial do país. Aliás, esta é a praia que tem Bandeira Azul há mais anos consecutivos e isso tornou-a um ícone do nordeste transmontano. Está inserida na Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo e para além da praia, tem todo um valioso património natural e animal para ser apreciado.

Praia de Valhelhas, Guarda
Esta praia está localizada em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, entre Covilhã, Manteigas e Guarda, e faz uso do curso do Rio Zêzere numa das áreas onde este é mais bonito. A água é fresca, o que se agradece nos dias de calor tórrido. No verão, a praia ganha muita animação, o que atraí diversos banhistas, da região e também de outros pontos do país.

Praia da Loriga, Seia
Esta praia também está localizada no Parque Natural da Serra da Estrela e é considerada um santuário por todos os amantes da natureza. Aqui inspira-se calma, plenitude e tranquilidade, mesmo nos dias de maior azáfama. Esta é a única praia portuguesa situada num vale glaciário, o que faz com que a água seja pura e cristalina, e a paisagem, património histórico.

Praia Foz d’Égua, Piodão
Piodão todos conhecem pelas casas de xisto que tão marcantes são na paisagem, mas ali existe também uma das mais belas praias fluviais de Portugal. Aqui confluem as ribeiras de Chãs d’Égua e de Piodão, que em harmonia com duas pontes de pedra, uma revestida com trepadeiras, com as casas de xisto dispostas em socalcos, e uma ponte suspensa de madeira, tornam a praia num local de beleza rara.

Praia Fraga da Pena, Arganil
Localizada na Área Protegida da Serra do Açor, à semelhança da anterior, esta praia tem como principal atrativo uma cascata que se despenha de uma altura de mais de setenta metros. É por isso um local paradisíaco que proporciona um encontro privilegiado com a natureza no seu estado mais puro. A água é fresca e cristalina.

Praia do Mosteiro, Pedrogão Grande
A linha de água que alimenta esta praia é a da Ribeira de Pera e é apelidada por todos como uma praia rural que perfeitamente se enquadra na paisagem. Para além de proporcionar agradáveis banhos, em água um pouco fria, esta praia conta também um pouco da história da região. Aqui existe um antigo lagar de azeite e um moinho de rodízio, testemunhas dos ofícios de antigamente.

Fragas de São Simão, Figueiró dos Vinhos
Esta praia fica situada junto à aldeia Casal de São Simão e está enquadrada num cenário rochoso e de imponentes fragas, mas é esta peculiaridade que lhe dá personalidade. As águas são límpidas e um pouco frescas. O nosso conselho é estender a toalha numa das muitas fragas existentes e apreciar a conjugação perfeita do trabalho da natureza com o trabalho do homem.

Praia do Alamal, Gavião
Esta é uma praia do Rio Tejo e é um daqueles lugares concebidos ao pormenor pela Mãe Natureza. Todos os que aqui chegam encontram um local para descanso, de silêncio e com um extenso areal pintado por árvores e plantas, onde se destacam as madressilvas, os freixos e os medronheiros. Á água é límpida e corre por entre os socalcos de pedra velha, sem pressas, rumo ao mar.

Praia Pego Fundo, Alcoutim
Situada próximo de Alcoutim, em pleno interior algarvio, esta praia fluvial conquista cada vez mais adeptos numa região onde as praias marítimas reinam. Rodeada de vegetação, a praia é alimentada pela Ribeira de Cadavais, e possui águas bastante tranquilas e frescas, características que são mais que bem-vindas para fazer frente ao calor algarvio.


Deixar uma resposta

@scale2go 2016